Santana participa de apresentação do Programa de Incentivo à Segurança Pública


Sargento Santana e Cleiton Alves, durante apresentação do Piseg



O vereador Sargento Santana (PTB) acompanhou, na noite de terça-feira, no salão nobre da Câmara de Indústria, Comércio e Serviços (CICS), a apresentação do Piseg, um programa do governo estadual que dá incentivos fiscais para empresários dispostos a financiar projetos específicos na área da segurança pública. O programa iniciou em 2019 e já arrecadou pouco mais de R$ 1,1 milhão em diversas regiões do Rio Grande do Sul. O empresário que patrocinar projetos poderá abater o valor até o limite de 5% do imposto estadual devido.  


Ao lado do presidente do Conselho Pró-Segurança Pública (Consepro) de Canoas, Cleiton Alves, o Vereador Sargento Santana (PTB) acompanhou a apresentação do Programa de Incentivo ao Aparelhamento da Segurança Pública do Rio Grande do Sul (Piseg). Desenvolvido pelo governo estadual, o Piseg prevê incentivos fiscais para os empresários interessados em apoiar com dinheiro projetos específicos na área de segurança pública em diferentes regiões do Rio Grande do Sul.

Canoas mais segura

Durante a apresentação do Piseg, os secretários municipais Aírton de Souza (Desenvolvimento Econômico) e Alberto Rocha (Segurança e Cidadania), destacaram os pontos positivos da área da segurança em Canoas. Souza destacou a vinda de empresas de tecnologia da informação para o município, especialmente um empreendimento que vai gerar mais de 300 novos empregos. O secretário do Desenvolvimento Econômico também destacou a criação de 4.212 novos números de Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) em 2019. "Vamos pensar que cada um desses novos CNPJ crie ao menos um emprego", disse Souza. "Já serão 4.212 novos empregos na cidade". 

Segundo o secretário, a melhoria nos indicadores da insegurança em Canoas tem contribuído para o crescimento das empresas já instaladas e a atração de novos empreendimentos.

O secretário da Segurança e Cidadania, Alberto Rocha, destacou que os investimentos feitos na segurança pública em Canoas, como a valorização dos agentes, a compra de viaturas para o policiamento, como caminhonetes e motos, e coletes e armamento foram fundamentais para a diminuição dos números de violência na cidade. "Já trabalhei com diversos políticos, mas nenhum apoiou a área da segurança tanto quanto o prefeito de Canoas, Luiz Carlos Busato", disse Rocha. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Os trinta anos da internet como nós a conhecemos hoje

Humberto Martins sai de cena em verão 90

Três abordagens sobre Venezuela